Qual é a da Ello ? Seis meninas contam oque acharam da nova rede social

Ello é uma rede social criada por artistas e programadores que já estavam cansados do Facebook e do que ele havia se tornado: um enorme outdoor ambulante, cheio de anúncios, em que você é mero produto. O intuito da nova rede é fazer com que as pessoas tenham muito mais privacidade e interesse pelos assuntos publicados ou discutidos em seu feed.
A dinâmica da rede é simples: você pode seguir o profile de uma pessoa que te interessar e se comunicar com ela através de um user (com arroba e tudo, bastante parecido com o Twitter).A grande diferença é que a Ello promete ser uma rede alternativa às já existentes. Nela, por exemplo, você pode divulgar o seu trabalho e os seus interesses, mas não pode postar coisas banais, como: "quem está acordado dá um like!". O próprio design da página impossibilita isso, já que não há opções de "curtir" ou "cutucar".
Por enquanto, você só pode se tornar um usuário se receber um convite. É claro que algumas pessoas já burlaram o sistema e conseguiram criar convites falsos. Isso só mostra tamanho entusiasmo com relação à novidade! Ficou curiosa? Conversamos com seis meninas que já fazem parte da nova rede social para entender melhor o porquê da Ello estar dando o que falar. Quais são as vantagens da rede? E as desvantagens? Vale a pena criar uma conta? Vem ver!



 Não curti. Achei que a Ello é uma mistura do Facebook, do Twitter e do Tumblr. Só que em uma versão bem mais complicada de mexer. Criei a minha conta porque fui convidada, mas desde então não entro mais na rede.

Gabriele Oliveira, 15 anos, Curitiba (PR)


 Achei a rede maravilhosa! Ela é simples e objetiva. Uma vibe meio: 'faça seu network e seja feliz'. Contudo, acredito que só os fortes sobreviverão. Por ser uma rede que não usa publicidade ou que não tem maiores atrativos (como jogos), muitas pessoas desistirão por falta de 'atividade'.

Fabiana Vieira, 21 anos, São Paulo (SP)


 Parece ser uma rede mais 'cult', até por isso fico insegura de postar qualquer coisa. Ao mesmo tempo, senti que a rede é muito mais segura com relação a bullying e agressões. Os criadores deixam isso claro nos termos de uso. A rede monitora comportamentos duvidosos, o que deixa os usuários com uma maior sensação de segurança. Curti.

Nayara Freitas, 18 anos, São Paulo (SP)


 Se a rede tivesse mais opções de linguagem, e não apenas o inglês, ajudaria bastante, pois ficaria mais fácil de entender os comandos. Existe, por exemplo, dois botões que permitem classificar o profile da pessoa: Friend (amigo cujas publicações vão aparecer no seu feed) e Noise (usuário que, por fazer muito barulho no feed, é bloqueado da timeline, mas não é excluído do círculo de amizades).

Gabriele Ortiz, 15 anos, Guarulhos (SP)


 Não tem chat. Temos que ir obrigatoriamente na página da pessoa para falar com ela. Isso pode ser bem ruim. Vide o que aconteceu comigo: convidei meu namorado para a rede e deixei um recadinho no profile dele, pensando que apenas ele veria. Quando voltei para a home da Ello, percebi que meu recadinho ficou visível para qualquer pessoa em uma página geral. Achei chato.

Paula Dória, 16 anos, Niterói (RJ)


 Não acho que dê para comparar a Ello com o Facebook, pois as redes apresentam funções bastante diferentes. Mas diria que enquanto o Face é melhor para a comunicação, a Ello é melhor para expor seu portifólio profissional. Eu já estou postando todas as minhas fotos por lá.

Quem já tem uma conta na Ello? O que vocês estão achando da nova rede social? Ela vai pegar?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

As antigas delícias de ser criança

4 dicas fáceis para fortalecer e acelerar o crescimento das unhas!