18 gifs da Taylor Swift que representam os estágios da PAIXÃO

São 18 estágios, no total. E aí, será que você já passou por todos eles?
1. Interesse

Você olha aquela pessoa e opa! Quem é ela? E isso pode acontecer em qualquer lugar: no colégio, no curso, na academia, no vagão do metrô... Paixonite aguda não deixa de ser paixão.
2. Curiosidade

Depois do primeiro olhar, já era: você faz de tudo para descobrir o nome da pessoa, o status de relacionamento, os gostos e todas as redes sociais. Porque se apaixonar e stalkear são praticamente sinônimos.
3. Encanto

"Eu, você, dois filhos e um cachorro" é absolutamente tudo o que você consegue imaginar. Vale lembrar que esse encanto incial por acabar segundos após você conhecer a pessoa pessoalmente. Mas, ah... Aproveita! Esse é um dos melhores estágios da paixão, principalmente se você já estiver sentindo que o sentimento é recíproco e que a pessoa vai respodner "sim", se você, eventualmente, perguntar: "cê topa?".
4. Bobeirice aguda

Já era. Se a pessoa estudar na mesma classe que você, a coisa só complica. Basta o ser surgir na sala de aula para você ter aquele mini ataque de pânico, misturado com excitaçãouforia, com uma pitada de xilique feat. siricutico. Suas amigas sabem bem o que estamos querendo dizer! ;)
5. Fixação

De repente, você percebe que o user da tal pessoa ficou favoritado na busca do Twitter e do Instagram. Você não sabe como, mas encontrou uma foto da pessoa salva no rolo da câmera do seu celular e, pasme, seus amigos não aguentam mais ouvir você falar sobre o fulaninho.
6. Tentativas de sedução

Pá! A paixão te pegou e agora não tem mais volta. É tudo ou nada. Por isso, você ativa o seu modo avião... Quer dizer, modo sedução e parte para o ataque, para o campo de batalha. Porque, no final das contas, love is a battlefield.
7. Amor

Ai, ai. Os passarinhos cantam, o dia parece lindo, a vida parece perfeita, você não se preocupa mais com provas e com trabalhos, e, apesar disso, tira ótimas notas! Quem diz que o amor mexe apenas com o nosso coração está completamente enganado.
8. Apegonhonhonhoin <3

Ei, não encare este estágio como algo ruim. Cada casal tem uma maneira de amar e alguns realmente curtem demonstrar esse carinho todo por meio de apelidinhos meigos, que, na maioria das vezes, são bem fofinhos, cheios de "inhos", cute-cute, momozinhos e palavras que fazem parte de um idioma que, definitivamente, só os apaixonados curtem e entendem. 
9. Ódio

Lembra quando dissemos que se apaixonar e stalkear eram praticamente a mesma coisa? Pois é. Amar e odiar também são carne e unha alma gêmea, (como) bate o coração, viu? O ciúme dá as caras, mesmo você tendo certeza de que não é uma pessoa ciumenta. Você começa a se irritar com certas manias, que, no início, até achava fofas. Vocês brigam, discutem, saem no tapa e, de repente... Pãn! Baby, you knew he was trouble, trouble, trouble.
10. Baque

Esse é o estágio do ice bucket challenge, quando parece que um balde de água gelada foi arremessado sobre a sua cabeça. E o amor? E o "felizes para sempre"? E o ódio? Parece que até ele foi embora. Ficou a indiferença, a falta de sentimentos, de sensações, o breu total.  
11. Tristeza

O que parecia ser um túnel sem saída, finalmente, acaba. Mas isso não é bom. Porque, depois do baque, depois de você se dar conta de que tudo acabou, você fica triste, chora, sofre, escorrega lentamente na parede do banheiro enquanto toma um banho bem quente. É um caos total, principalmente quando você percebe que a história acabou para a outra pessoa, mas não para você. 
12. Negação

"This love is difficult, but it's real". E como! Você não consegue se conformar. Como toda aquela relação pôde chegar ao fim? Não pode ser. Não, não, não, mil vezes não! Na sua cabeça, vocês ainda vão viver uma Love Story. Vocês merecem, afinal. VOCÊ merece.
13. Saudade

E daí, de repente, aquela pessoa vai ficando distante, distante... A saudade vai apertando, apertando... Saiba que esse estágio é indispensável e um dos mais importantes! Nessa hora, você pode escolher seguir dois caminhos completamente opostos: se apegar ao passado e querer voltar atrás ou, simplesmente, reconhecer que viveu bons momentos ao lado daquela pessoa, mas que já é hora de seguir adiante. "Passei os últimos oito meses pensando que tudo o que o amor faz é partir, queimar e acabar. Mas, numa quarta-feira, em um café, eu vi isso recomeçar..."
14. Conformismo

Eis que você aceita o fato de que pode sobreviver longe daquela pessoa, pode recomeçar a sua vida, viver um novo amor ou, simplesmente, ser feliz sozinha. Afinal, você se basta. 
15. Inconformismo

Daí surge este estágio meio maluco, que é um sopro de ar em meio a tantas catástrofes amorosas. Você ri! Ri de si mesma, ri das coisas que pensou, disse e fez nos últimos dias, nas últimas semanas e nos últimos meses de fossa. Você para e pensa: "ai, como eu sou ridícula! Imagina só, ficar sofrendo por esse babaca. Olha essa foto que ele acabou de postar, que tristeza!!!" MUAHAHA
16. Superação na pixxxta de dança

Ou na pixxxta de boliche, no shopping, na sorveteria, no sofá de casa. Cada um encontra a sua própria felicidade de uma forma diferente. O importante, acima de tudo, é ser feliz. "Parece uma noite perfeita para nos vestirmos como hipsters Ee fazermos piadas sobre nossos ex-namorados". \o/
17. Paz de espírito

Ufa. 
18. Interesse... Oh, wait!

"NOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO! Quero."
Eis o ciclo sem fim dos relacionamentos, em que você se apaixona e se apaixona e se apaixonada mais uma vez. Pode ser por várias pessoas ou sempre pelo mesmo alguém. Não importa. A questão é que você nunca para de se apaixonar. E daí você pode ficar com o coração partido, escrever uma música ou, simplesmente, escutar uma playlist recheada de hits da Taylor. Porque, no final, ela sempre vai ter um ótimo conselho amoroso para dar, seja na alegria, na tristeza, na vida de solteira ou na de casada. Shake it off!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

4 dicas fáceis para fortalecer e acelerar o crescimento das unhas!

As antigas delícias de ser criança